Feliz Dia do Estagiário

18-DE-AGOSTO-DIA-DO-ESTAGIÁRIO
Quando valorizamos a vida pelo que podemos oferecer de bom às outras pessoas, pela dedicação, pelo aprender e ensinar, nos transformamos em multiplicadores de uma evolução social que para muitos ainda é uma utopia. Estudantes universitários serão os futuros profissionais, preparados, despreparados, conscientes, inconscientes, honestos ou corruptos.

É possível medir o futuro de um país pelo nível de comportamento dos seus estudantes universitários, os futuros cientistas, os mestres que irão multiplicar a ideia de um novo modelo social solidário e consciente ou repetir uma sociedade falida e preconceituosa. Que tipo de sociedade teremos no futuro? Avaliando e acompanhando o comportamento de jovens universitários, é possível fazer uma previsão quanto ao nível profissional destes estudantes.

Um estudante de direito, por exemplo, que expressa xenofobia com facilidade, pode ser um juiz no futuro. Como vai julgar a morte de nordestinos por grupos neonazistas? Como um estudante de arquitetura, que se nega a oferecer acessibilidade a uma pessoa com deficiência, vai criar desenhos universais como arquiteto? Como um estudante de serviço social, que expressa homofobia, vai realizar estudos de casos de adolescentes gays agredidos por jovens homofóbicos? Como estudantes de medicina, com práticas de violência e preconceitos, vão atender crianças e idosos?

Os exemplos dos níveis profissionais, retratados neste texto, apenas provocam a reflexão de uma sequência humana de conflitos, aprendizagem e incoerências. O que se aprende nas universidades não é suficiente para formar bons profissionais e boas pessoas. A vida, as permissões, os caminhos percorridos, as portas abertas e fechadas, o que se pensa e o que se faz e as heranças são fragmentos de vida que podem levar ou não à prática da generosidade.

Graduações, mestrados e doutorados são títulos humanos, simbolizam o que se aprendeu de teorias, mas não representam os valores de comportamento que levam à consciência da evolução humana. A dedicação e qualidade de vida e do estágio vão refletir essencialmente no sucesso ou fracasso da vida profissional.

Vocês, estagiários da STDS, já deram um grande passo em suas vidas profissionais, pois lidam diariamente com as dificuldades e os desafios em se fazer inclusão social, seja nas unidades de adolescentes em conflito com a lei; nos abrigos de idosos, crianças abandonadas ou pessoas com deficiência; e nos projetos e oficinas deste Laboratório de Inclusão. Agradecemos e parabenizamos a dedicação de todos e torcemos para que façam parte do time de futuros profissionais éticos, coerentes e socialmente conscientes.

Feliz 18 de agosto, Dia do Estagiário!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s